quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Rodrigo Janot pede que STF reconsidere decisão de soltar Paulo Bernardo

Rodrigo Janot pede que STF reconsidere decisão de soltar Paulo Bernardo
Foto: José Cruz/ Agência Brasil
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, recorreu contra a decisão do ministro Dias Tóffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF) e pediu que a Corte reconsidere a decisão de liberar da cadeia o ex-ministro Paulo Bernardo. 

O procurador argumenta que Toffoli concedeu o habeas corpus de forma indevida e considera que Bernardo pode voltar a cometer crimes e prejudicar as investigações mesmo sem ser ministro. "É importante mencionar, ainda, que Paulo Bernardo vem tentando ocultar seu patrimônio recentemente, fazendo aportes em Previdência Privada, com o intuito de se isentar da aplicação da lei penal e de qualquer ordem de bloqueio", afirmou Janot. Toffoli decidiu soltar Bernardo no último dia 29 de junho, menos de uma depois que ele foi preso pela Operação Custo Brasil, um desdobramento da Lava Jato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário